Conceito de design de navio da Ulstein pode resolver o desafio de zero emissão

A Ulstein lançou um conceito de embarcação capaz de tornar realidade a visão de operações de cruzeiro com emissão zero. Chamado de Ulstein Thor, o projeto de 149m 3R (Reabastecimento, Pesquisa e Resgate) contará com um reator de sal derretido de tório (MSR) para gerar grandes quantidades de eletricidade limpa e segura. Isso permite que a embarcação opere como uma estação móvel de energia para uma nova geração de navios de cruzeiro movidos a bateria.

A Ulstein acredita que o conceito, referido como Thor, pode ser a peça que faltava no quebra-cabeça de emissões zero para uma ampla gama de aplicações da indústria marítima e oceânica. Para demonstrar sua viabilidade, a Ulstein também desenvolveu o conceito Ulstein SIF, um navio de cruzeiro de expedição de emissão zero com 100m de comprimento, capacidade de 160 pessoas a bordo (POB) e emissão zero. Esta embarcação Ice Class 1C funcionará com baterias de próxima geração, utilizando o Thor para recarregar enquanto estiver no mar.

“Temos os objetivos, a ambição e o imperativo ambiental de mudar para operações de emissão zero, mas, até agora, não tivemos a solução”, comenta a CEO da Ulstein, Cathrine Kristiseter Marti. “Acreditamos que o Thor pode ser a resposta que estávamos procurando. Thor é essencialmente uma ‘central elétrica’ flutuante e multifuncional que permitirá uma nova revolução da bateria.

PUBLICIDADE

Rimac


“Os navios de cruzeiro da armadora Expedition operam em áreas cada vez mais remotas e ambientalmente frágeis. Ao mesmo tempo, a indústria enfrenta uma pressão crescente de diversas partes interessadas para preservar a natureza como ela é e proibir o impacto ambiental dos cruzeiros. O Thor permite o reabastecimento de energia e suprimentos no local, além de possuir a tecnologia para facilitar as operações de resgate e realizar tarefas de pesquisa. É, com efeito, uma peça crucial de infraestrutura para apoiar operações sustentáveis e seguras. O Thor literalmente tem o poder de mudar toda a nossa indústria”, disse a executiva.

O tório foi identificado como tendo um enorme potencial para uma indústria marítima em busca de combustíveis alternativos limpos. Os MSRs são soluções seguras, eficientes e operacionalmente comprovadas que funcionam ao se dissolver tório – um metal abundante, natural e com baixa radioatividade – em sal líquido. A reação em cadeia que se segue aquece o sal, produzindo vapor para acionar uma turbina e gerar eletricidade. Embora os desenvolvimentos em terra estejam bem documentados, seu potencial para fornecer energia marítima limpa ainda não foi incorporado ao projeto de uma embarcação. A Ulstein viu uma oportunidade de mudar isso.


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Hidromares

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios