Porto do Açu

Plataforma de transferência de petróleo offshore do Golfo do México da Shell ficará offline até o final do ano

A Royal Dutch Shell informou nesta segunda-feira (20) que espera que sua estação de transferência de petróleo bruto no Golfo do México fique offline para reparos até o final de 2021 devido a danos causados pelo furacão Ida.

A instalação, West Delta-143, serve como estação de transferência de toda a produção dos ativos da empresa no corredor de Marte da área do Desfiladeiro do Mississippi, no Golfo do México, para terminais de petróleo em terra.

A empresa disse que espera que as instalações em sua plataforma WD-143 "C" e a produção da plataforma Olympus, que flui através daquela, sejam retomadas no quarto trimestre.

A produção das instalações de Marte e Ursa, que fluem pela plataforma WD-143 "A", tem estimativa de retomada no primeiro trimestre de 2022.

A Shell é o maior produtor de petróleo da Costa do Golfo dos Estados Unidos e o tempo necessário para consertar dutos subterrâneos danificados pelo furacão Ida reduzirá sua produção em cerca de 200.000 barris de petróleo e gás por dia nos três campos de petróleo offshore.