Com entrada da Tecmar, Log-In Logística Intermodal registra 72,6% de crescimento em receita operacional Líquida no 2º trimestre

A Log-In Logística Intermodal, empresa de soluções logísticas, movimentação portuária e navegação de cabotagem e longo curso, divulgou, nesta terça-feira (9), os resultados financeiros e operacionais referentes ao segundo trimestre de 2022. Dentre os resultados destacam-se a receita operacional líquida, que registrou recorde histórico, pelo quinto trimestre consecutivo, com crescimento de 72,6%, atingindo R$ 609,2 milhões, contra os R$ 352,8 milhões do mesmo período de 2021. Esses avanços foram impulsionados pela inclusão da Tecmar no relatório. Sem a inclusão da nova companhia, a receita operacional líquida da Log-In é de R$ 452,6 milhões no trimestre, uma variação de 28,3%, comparado ao mesmo período anterior. E o EBITDA é de R$ 129,1 milhões, o que corresponde a uma variação de 48,6% de crescimento.

A alta do ROL foi determinada, principalmente, pelos recordes históricos de receita do Terminal Portuário de Vila Velha (TVV) e do segmento de navegação, bem como pela inclusão dos resultados da Tecmar no relatório, além do crescimento nos volumes movimentados na cabotagem, aumento da receita no feeder e a entrada de novos clientes e melhor mix de cargas na cabotagem e Mercosul.

Quanto ao EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), a companhia também apresentou recorde para o período, com crescimento de 45,4%, atingindo R$ 135,5 milhões. Neste caso, além do ROL da navegação, impactaram positivamente nos resultados a evolução do EBITDA do TVV, o aumento de receita com o fretamento internacional do navio "Log-In Discovery" e o crescimento nos volumes movimentados em navegação e carga geral também no TVV.

PUBLICIDADE

Portonave


De abril a junho, a empresa movimentou o maior volume de contêineres para um segundo semestre, com 116,3 mil TEUs. Para o Mercosul, a companhia também apresentou o maior número de movimentações, com 13,9 mil TEUs.

Com aumento significativo de movimentação de carga geral, o desempenho do Terminal de Vila Velha no primeiro trimestre foi alavancado, principalmente, pela captação de novos projetos na área de siderurgia, com incremento da demanda no mercado de aço, especialmente de bobinas, placas e fio-máquina. De abril a junho, o terminal movimentou 190,2 mil toneladas de carga geral, além de 39,4 mil containers.



        GHT     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios