Porto do Rio de Janeiro retoma operações em navio de ‘break bulk’ com café

A operação de um navio de ‘break bulk’ com café, que aconteceu no fim do mês de abril, marcou o retorno dessa modalidade no transporte de café pelo Porto do Rio de Janeiro, administrado pela Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ). O embarque de 6,5 mil toneladas de café, acondicionadas em ‘big bags’, foi realizado com sucesso e a mercadoria teve como destino a Europa. A Unslog foi o operador logístico que negociou com o terminal de contêineres ICTSI Rio para trazer esta operação para o Rio de Janeiro.

Nesta modalidade, diferentemente de contêineres, é possível armazenar a carga individualmente no porão do navio. “A carga conteinerizada é, atualmente, o padrão logístico para o transporte de café, mas o ‘break bulk’ ajuda a superar a escassez de contêineres e a consequente alta global no preço”, explica o superintendente de Gestão Portuária do Rio de Janeiro e Niterói, Leandro Lima.

O ‘break bulk’ estava em desuso pelo setor cafeeiro desde a década de 80, mas com a problemática da escassez mundial de contêineres, as empresas exportadoras de café voltaram a adotar a modalidade como estratégia para auxiliar na estabilização do fluxo logístico internacional.

PUBLICIDADE

Incatep



    GHT     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios