Anuncie na Portos e Navios

CEOs de transporte marítimo pedem o fim de encomendas de navios movidos a combustível convencional

Os CEO de cinco principais companhias marítimas emitiram uma declaração conjunta na COP28, apelando ao fim das encomendas de navios movidos a combustível convencional.

Os executivos pediram que fosse estabelecido um prazo além do qual não poderiam ser encomendados mais navios movidos apenas a bunkers convencionais.

Eles também apelam a um mecanismo global de fixação de preços para emissão de GEE.

PUBLICIDADE


“É justo que juntos sigamos este caminho rumo ao zero líquido que devemos alcançar até 2050”, disse Soren Toft , CEO da MSC, na declaração.

“O apoio dos governos de todo o mundo será um elemento essencial para alcançar o nosso objetivo comum e entre esses esforços queremos ver o fim da entrega de navios que só podem funcionar com combustíveis fósseis. A MSC apoiou e comprometeu-se totalmente com a descarbonização líquida até 2050, mas sem o apoio total de outras partes interessadas, especialmente dos fornecedores de energia, será extremamente difícil atingir esses objetivos - ninguém pode fazer isto sozinho", complementou Toft.



Intermodal

      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira