MSC

Chibatão desrespeita interdição e Semmas cogita suspender ordem

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente teme que a paralisação do maior porto privatizado do Amazonas prejudique o abastecimento no Estado.

Manaus - O Porto Chibatão continua a operar normalmente, mesmo após receber a notificação de embargo expedida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), na quarta-feira (20). Diante do fato, na manhã desta quinta (21), a Semmas informou que estuda rever a decisão. A secretaria teme que a paralisação do maior porto privatizado do Amazonas prejudique o abastecimento no Estado.

Segundo a assessoria da Semmas, o órgão montou uma força-tarefa para analisar os riscos do embargo definitivo ao Porto Chibatão. A Semmas destaca que o porto recebe 80% dos materiais que chegam a Manaus, como componentes eletrônicos e alimentos perecíveis.

A secretaria municipal conta que a decisão do embargo ainda vale, mas, enquanto uma nova decisão não é tomada, a movimentação no Porto Chibatão pode continuar regularmente.

De acordo com a assessoria da Semmas, a possibilidade de suspensão do embargo “não é uma coisa de outro mundo”. Segundo eles, o órgão procura tomar a decisão mais acertada.

Ninguém do Porto Chibatão foi encontrado para se pronunciar a respeito do episódio.
Fonte: D24am.com

PUBLICIDADE




Intermodal

      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira