MSC

Porto de Santos registra novos recordes na movimentação de cargas

Sistema de agendamento de caminhões e investimentos na infraestrutura para atendimento às safras agrícolas são fatores que garantem ganhos de produtividade na operação portuária

A movimentação de cargas no Porto de Santos continua em sua trajetória de crescimento contínuo, atingindo, em maio, 15,8 milhões de toneladas, a melhor marca para esse período, e ficando 4,9% acima do apurado no ano passado (15,1 milhões de toneladas). Esse desempenho elevou em 11,5% o movimento acumulado do ano que soma 72,8 milhões de toneladas, também recorde para o período.

Mais uma vez as cargas do agronegócio lideram o crescimento, destacando-se o açúcar, com 2,2 milhões de toneladas no mês (+18,7%) e 9,5 milhões de toneladas nos cinco primeiros meses do ano (+65,6%). Sobressaíram-se, também, os embarques de café em grãos, com 204,7 mil toneladas (+89,1%) no mês e 1,0 milhão de toneladas (+65,3%) no acumulado do ano; carnes, com 225,0 mil toneladas (+32,2%) no mês e 994,9 mil toneladas (+28,0%); celulose, com 631,7 mil toneladas (+14,3%) no mês e 3,2 milhões de toneladas no acumulado (+2,7%) e as descargas de fertilizantes, com 662,9 mil toneladas (+40,4%) no mês e 2,8 milhões de toneladas (-6,1%).

PUBLICIDADE

MCI


O presidente da Autoridade Portuária de Santos (APS), Anderson Pomini, afirma que “a infraestrutura para atendimento às safras agrícolas está em expansão no complexo portuário de Santos e é um dos fortes indutores desse desempenho”.

A movimentação de cargas conteinerizadas também apresentou um ótimo desempenho, somando 443,6 mil TEUs, ficando 10,1% acima do mesmo mês do ano passado (403 mil TEUs). O acumulado do ano se mantém 17,0% acima do mesmo período anterior, totalizando 2,2 milhões de TEUs. Os dois resultados se caracterizam como as melhores marcas registradas no mês de maio e no acumulado do ano.

No geral, os embarques atingiram no mês, 12,0 milhões de toneladas, um crescimento de 4,1% e no acumulado do ano, 54,3 milhões de toneladas, 13% acima do mesmo período de 2023. Já as descargas somaram 3,9 milhões de toneladas, ficando 7,5% acima do apurado em maio do ano anterior e o acumulado do ano chegou a 18,5 milhões de toneladas, também apresentando alta de 7,3%.

Os granéis sólidos somaram nos cinco primeiros meses do ano 37,0 milhões de toneladas, um aumento de 4,9% sobre igual período em 2023, melhor marca acumulada no período.

Os granéis líquidos somaram nesse período oito milhões de toneladas, crescimento de 8,2% e também a melhor marca para o período. Destacaram-se nesse segmento a gasolina, com 166,7 mil toneladas (+293,9%) no mês e 489,7 mil toneladas (+79,7%) no acumulado do ano; e óleo diesel e gasóleo, com 211,1 mil toneladas (+102,9%) no mês e 790,9 mil toneladas (+23,7%) no acumulado do ano.

Em maio, ocorreram 472 atracações de navios (+0,2%) e nos cinco primeiros meses do ano 2.305 (+5,1%).



      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira