MSC

Tecon Santos passa a receber navios de maior porte semanalmente

Embarcações têm 336m de comprimento, 51m de boca e capacidade de até 14 mil TEUs

O Tecon Santos recebeu nesta quinta-feira (13) a escala inaugural de um novo serviço de longo curso que reúne as maiores embarcações em capacidade de carga conteinerizada que chegarão regularmente à Costa Leste da América do Sul.

Na parceria firmada com a CMA CGM e Cosco, a companhia receberá semanalmente navios de uma frota composta por 12 embarcações da classe Latamax, que têm 336m de comprimento, 51m de boca e 14,5m de calado máximo permitido.

Esta primeira viagem foi realizada pelo navio "Cosco Argentina", com movimentação de 2,6 mil contêineres no Tecon Santos. A previsão é que, em cada atracação desta categoria de navios, cerca de cinco mil contêineres sejam operados no terminal. O "Cosco Argentina" veio da Ásia rumo ao Rio de Janeiro, parou em Santos e segue para Itapoá (SC) e Paranaguá (PR), voltando a Santos e Rio de Janeiro antes de retornar para a Ásia.

A Santos Brasil vem se preparando há anos para receber esse tipo de embarcação no Tecon Santos, terminal que está em ritmo acelerado de ampliação de capacidade e passará dos atuais 2,4 milhões de TEUs para 2,6 milhões de TEUs até o final deste ano. No total a empresa está investindo cerca de R$ 2,6 bilhões para elevar a capacidade do Tecon Santos a três milhões de TEUs. Neste ano serão aplicados R$ 300 milhões no terminal.

PUBLICIDADE

MCI


De acordo com Danilo Ramos, diretor comercial de Operações Portuárias da Santos Brasil, o novo serviço representa um marco para o comércio exterior brasileiro, já que os navios da classe Latamax têm, aproximadamente, 70% mais capacidade que as embarcações que atualmente circulam no país.



      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira