Ecobrasil

Lula quer construir estaleiro em Araçatuba

Serão construídas na cidade 80 barcaças e 20 empurradores, que formarão a nova frota da Transpetro

DE BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a construção de um estaleiro em Araçatuba (SP) para fabricar embarcações destinadas ao transporte de etanol pela hidrovia Tietê-Paraná.
A Transpetro, subsidiária da Petrobras que cuida do transporte de combustível, e o estaleiro Rio Tietê assinaram em 23 de novembro o contrato para a construção de 80 barcaças e 20 empurradores, que formarão a nova frota da Transpetro.
"Pasmem. Vamos fazer um estaleiro em Araçatuba, onde não tem nem mar. A Transpetro vai assumir a responsabilidade para ocupar 100% do potencial da hidrovia do Tietê", disse Lula.
A declaração foi dada durante cerimônia de assinatura de termos de compromisso de Estados e municípios relativos a projetos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento).
As novas embarcações custarão US$ 239,1 milhões. O governo pretende iniciar a entrega no final de 2011. A operação, porém, tem previsão para começar em 2013.
O governo estima que será possível transportar 4 bilhões de litros de etanol por ano com os comboios -cada um formado por quatro barcaças e um empurrador.
A Transpetro calcula que o uso da hidrovia substituirá o equivalente a 40 mil viagens de caminhão por ano. Isso representa quarto da emissão de gás carbônico com o transporte rodoviário e um consumo de combustível equivalente à vigésima parte.
A hidrovia levará o etanol produzido nas regiões Centro-Oeste e Sudeste para a refinaria de Paulínia. Dali, o combustível seguirá, por meio de dutos, a terminais como o de São Sebastião (SP) e o de Ilha D'Água (RJ).
O governo espera reduzir custos para tornar o produto mais interessante para exportação e fazer um aproveitamento maior da hidrovia. Estima-se que, com a entrada em operação dos 20 comboios, o uso da Tietê-Paraná passará dos atuais 20% para 35% de sua capacidade.
Serão gerados em torno de 500 empregos diretos durante a construção do estaleiro. A operação vai demandar 300 trabalhadores em média, e os comboios devem gerar 400 empregos diretos.

Fonte:Folha de São Paulo



Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira