Navalshore 2024

Wärtsilä fornecerá geradores e equipamentos para propulsão elétrica do navio polar

Fabricante foi selecionada pelo estaleiro Jurong Aracruz, que construirá navio para a Marinha do Brasil, com previsão de entrega em 2025

A Wärtsilä fornecerá geradores e equipamentos para propulsão elétrica do navio de apoio Antártico (NApAnt), em construção para a Marinha do Brasil. O navio polar (NPo) Almirante Saldanha está sendo construído no Estaleiro Jurong Aracruz (EJA), no Espírito Santo. O pedido foi feito pelo estaleiro construtor, que integra a sociedade de propósito específico (SPE) ‘Polar 1’. O equipamento da Wärtstilä está previsto para ser entregue ao estaleiro no começo de 2024 e o navio tem previsão de ser entregue até o final de 2025.

O escopo da encomenda à Wärtsilä inclui três grupos geradores a diesel, um sistema de conversão de energia diesel-elétrico e dois sistemas de propulsão de proa (bow thrusters), além do sistema de gerenciamento de energia. De acordo com a fabricante, a solução de baixa emissão otimiza o desempenho, aliando alta redundância e disponibilidade, que é resultado dos intervalos mais longos entre as revisões e ao consumo mais baixo de combustível.

“Embarcações especializadas exigem desempenho superior e estamos confiantes de que as soluções selecionadas atenderão a esse requisito”, disse o gerente de projeto do NPo no EJA, Maicon Batista Pinto. Ele acredita que a experiência da fabricante em tecnologia naval contribuirá para a entrega de sistemas e produtos de qualidade confiabilidade.

O gerente-geral de vendas da área marítima da Wärtsilä, Simon Riddle, destacou que a solução foi otimizada para fornecer mais eficiência para as operações da força naval do Brasil. Ele acrescentou que esta eficiência também reduzirá emissões, em linha com a estratégia de sustentabilidade. “Estamos orgulhosos de que o Jurong tenha depositado sua confiança na Wärtsilä para ser o fornecedor desta ampla solução para o navio de apoio Antártico”, comentou Riddle.

A força naval avalia que o navio polar é estratégico para manter a presença brasileira no continente Antártico e garantir a continuidade das pesquisas científicas realizadas no Comandante Estação Antártica de Ferraz. As principais especificações da embarcação incluem um comprimento de 103,16 metros e uma largura de 18,5 metros, em conformidade com a notação de classe polar PC6. Com uma velocidade de cruzeiro de 12 nós, a embarcação terá autonomia de 70 dias para acomodar sua tripulação de 95 pessoas, que inclui 26 cientistas.

PUBLICIDADE

Ecobrasil




Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira