Navalshore 2024

Wilson Sons faz docagem inédita de navio em alumínio

É a primeira vez que a embarcação "Aqua Helix", operada pela CMM Offshore, faz manutenção programada no Brasil

A Wilson Sons realizou este mês em seu estaleiro, no Guarujá (SP), a docagem do navio "Aqua Helix" – classe Fast Crew Supplier (FCS) 7011 –, operado pela empresa de navegação CMM Offshore. Com tecnologia de ponta, a embarcação, que é fruto da colaboração entre CMM, Damen, Ampelmann e Internacional Marítima, passou pela primeira vez por um processo de manutenção programada no Brasil. A operação envolveu cerca de 120 profissionais no estaleiro da companhia.

“Escolhemos a Wilson Sons pela estrutura, segurança e qualidade dos serviços. O navio Aqua Helix tem três empresas como proprietárias no projeto. A parceria entre a Wilson Sons e a Damen, que representa mais de 90 embarcações já construídas e entregues, foi crucial para a decisão do local de docagem da embarcação”, disse Christophe Vancauwenbergh, CEO da CMM.

PUBLICIDADE

Ecobrasil


Diferentemente de outras embarcações, o "Aqua Helix", construído pelo estaleiro Damen em 2021, realiza docagem, anualmente, devido a sua função primordial no transporte de passageiros. Destinado ao mercado de energia offshore, o navio é também uma alternativa ao uso de helicópteros para transportar tripulação para plataformas, com capacidade de transferir um número maior de pessoas para distâncias mais longas.

A embarcação, que tem comprimento total (LOA) de 73,65m, 11,01 metros de largura e 105 toneladas, opera com biodiesel. Atua em Aracaju (SE), na bacia de Sergipe-Alagoas (SEAL), podendo transportar 120 passageiros.

Com a superestrutura e o casco feitos em alumínio, o "Aqua Helix" oferece não apenas maior velocidade de movimentação, podendo alcançar até 40 nós, mas também uma estrutura leve e durável. Essa característica requer cuidados específicos durante o processo de docagem, para garantir a integridade da estrutura e dos materiais. Os serviços de docagem incluíram reparos estruturais, tratamento e pintura.

“Estamos orgulhosos em receber o Aqua Helix em nosso Estaleiro para uma docagem histórica. Essa parceria demonstra não apenas a capacidade técnica e a excelência operacional da Wilson Sons, mas nosso compromisso com a inovação e a sustentabilidade na indústria marítima brasileira”, disse o diretor-executivo do Estaleiro da Wilson Sons, Adalberto Souza.

O cenário nos últimos dois anos é positivo. Entre 2022 e 2023, o número de docagens nos Estaleiros do Guarujá aumentou 33%. A expectativa é que a taxa de crescimento se mantenha este ano.



Praticagem

   ATP    GHT    Oceanpact
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira