MSC

Asia Shipping expande atuação no Oriente Médio e inaugura filial em Dubai

Novo escritório focará na conexão do Brasil a diversos hubs logísticos globais

A Asia Shipping, multinacional brasileira integradora de cargas, está em plena expansão de seus negócios e inaugura neste mês de julho mais uma filial no Oriente Médio. A cidade escolhida para receber a companhia foi Dubai, considerada líder mundial em logística e comércio exterior com cobertura de diversos armadores e companhias aéreas.

No ranking divulgado no Relatório “Xinhua-Baltic International Shipping Center Development Index Report (2020)”, Dubai aparece entre os cinco primeiros centros de navegação do mundo. “Estamos atentos às grandes oportunidades do mercado e, por isso, escolhemos Dubai para sediar esse novo desafio. A cidade é essencial no cenário logístico, pois possui uma grande capacidade de movimentação de cargas, além de servir como ligação para diversos hubs globais, como o continente europeu e o Oriente Médio”, comenta Alexandre Pimenta, CEO da Asia Shipping.

PUBLICIDADE


Dentre os serviços oferecidos no escritório de Dubai estão frete aéreo, marítimo, multimodal, dentre outros.

Expansão na Ásia

No continente asiático, além de Dubai (Emirados Árabes), a multinacional também possui escritório próprio em Hong Kong e Taiwan (China), Coreia do Sul e Índia. Em 2015 a empresa instalou sua filial na cidade de HO CHI MINH, local onde está localizado um dos principais portos do país, que leva o mesmo nome da cidade. Atualmente, o Vietnã figura entre os países mais promissores do mercado e um dos mais desenvolvidos do Sudeste Asiático, com um Produto Interno Bruto (PIB) que cresce cerca de 7% ao ano.

Na rota Brasil/Vietnã, a Asia Shipping é o agente de carga líder na importação de cargas via mar. Segundo dados de mercado, o Brasil importou cerca de 25 mil TEUs em 2021 e, desse total, a Asia Shipping foi responsável pelo transporte de aproximadamente 10% desta carga.

Dentre as principais cargas transportadas pela Asia Shipping nas operações de importação neste período estão borrachas, obras de vidro, fibras sintéticas, acumuladores elétricos e seus separadores. Em um cenário geral, os setores que mais cresceram na importação em 2021 foram automotivos, eletroeletrônico, construção civil, farmacêutico e vestuário.



Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira