MSC

Hidrovia do Paraná na Argentina foi reaberta com limitação de calado

O rio Paraná, na Argentina foi reaberto ao tráfego fluvial na terça-feira (20) depois que um barco encalhado foi libertado. Mas as embarcações estão autorizadas a trafegar com carga reduzida, enquanto se avalia as condições do canal. Uma draga opera no local.

O tráfego marítimo ficou paralisado depois que o navio "Clara Insignia", carregado com trigo, encalhou perto do canal principal da hidrovia e ficou preso por vários dias.

O barco foi liberado na noite de segunda-feira, mas a navegação permaneceu fechada na manhã de terça-feira enquanto eram feitas verificações no canal de navegação.

PUBLICIDADE


A Argentina é um dos principais exportadores de soja processada, o terceiro maior exportador de milho e um grande produtor de trigo. Cerca de 80% da produção agrícola descem pelo rio Paraná, hidrovia que atravessa o Brasil e o Paraguai, antes de chegar ao mar na Argentina.

O tráfego através do Paraná é relativamente leve nesta época do ano, uma vez que o transporte de soja e milho começa por volta de abril.



Yanmar

      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira