Navalshore 2024

União tem direito a 18,6 mil barris de óleo por dia em regime de partilha de produção em março

Mero foi o campo que mais colaborou no período, seguido por Búzios

Em março deste ano, a União teve direito a 18,6 mil barris de petróleo por dia (bpd) nos contratos de partilha de produção, no polígono do pré-sal. O número representa um novo salto quando comparado ao registro de fevereiro, quando a parcela da União foi de 17 mil bpd. A variação é explicada pelo aumento no excedente em óleo do Campo do Entorno de Sapinhoá.

Dos 18,6 mil barris diários que compõem o óleo lucro da União em março, 7,1 mil são provenientes do Campo de Mero (Libra), 5,9 mil bpd do Campo de Búzios, 5,5 mil bpd do Campo do Entorno de Sapinhoá e 44 bpd do Campo de Tartaruga Verde Sudoeste.

PUBLICIDADE


A produção total no mês de março teve média diária de 472 mil bpd nos quatro contratos, sendo 414 mil bpd no Campo de Búzios, 46 mil bpd no Campo de Mero (Libra), 8 mil bpd no Campo do Entorno de Sapinhoá e 4 mil bpd no Campo de Tartaruga Verde Sudoeste. A produção apresentou aumento de cerca 1,5%, em comparação aos três últimos meses.

Desde o início da série histórica, em 2017, a produção acumulada em regime de partilha de produção é de 152 milhões de barris de petróleo. Já a parcela acumulada do excedente em óleo da União, no mesmo período, é de 13 milhões de barris de petróleo.

Gás natural

A média diária do total do excedente da União no gás natural com aproveitamento comercial apresentou aumento de 44% em março em relação a fevereiro, com 163 mil metros cúbicos por dia (m³/dia). Deste total, 149 mil m³/dia vieram do Campo do Entorno de Sapinhoá; 13 mil m³/dia do Campo de Búzios; e 131 m³/dia do Campo de Tartaruga Verde Sudoeste.

A produção total do gás natural com aproveitamento comercial nos três contratos apresentou média diária de 1.174 mil m³/dia, sendo 938 mil m³/dia no Campo de Búzios, 206 mil m³/dia no Campo do Entorno de Sapinhoá e 30 mil m³/dia no Campo de Tartaruga Verde Sudoeste. Em comparação a fevereiro, o volume de gás natural apresentou aumento de 24% .

Desde 2017, início da série histórica, a produção acumulada soma 477 milhões de m³ de gás natural com aproveitamento comercial. O excedente em gás natural da União, no mesmo período, é de 114 milhões de m³.



Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira