ABTP instala delegacia regional na Bahia

A Bahia conta agora com uma Delegacia Regional da Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP). O desejo de fortalecer cada vez mais o setor portuário baiano, em um trabalho conjunto e com o apoio de toda a comunidade portuária, foi a tônica principal da instituição da Delegacia Regional da ABTP, realizada na sede da Codeba, em Salvador, na quarta-feira (24).

A diretora empresarial e de relação com o mercado da Codeba, Ana Paula Calhau, destacou que a integração entre a ABTP e as autoridades portuárias é relevante para abertura do diálogo, gerando competitividade para o estado da Bahia. Ela ressaltou ainda que a integração do complexo portuário baiano, onde se inserem terminais conduzidos pelo setor privado, capitaneados pela ABTP, vai trazer maior fomento para o estado, contribuindo assim para o aumento da balança econômica do país.

As vantagens dessa integração também foram enfatizadas pelo presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Roberto Oliva. “A implantação da delegacia regional cria um fórum permanente de debate e alinhamento em defesa do setor portuário, amplia a participação dos associados baianos com os stakeholders nos fóruns regionais e nacionais”, pontuou. Oliva também falou sobre o histórico da ABTP, entidade que possui 32 anos de história de lutas e conquistas e que agrega 68 associados, detentores de mais de 220 terminais portuários entre arrendados e TUPs, dos mais diferentes perfis de carga, distribuídos em 21 estados do Brasil.

PUBLICIDADE

Portonave


Em uma participação especial, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, por videoconferência, parabenizou a ABTP pela iniciativa de abrir uma regional na Bahia. Ele destacou que é possível construir boas políticas públicas através da participação da iniciativa privada, juntamente com a classe trabalhadora e outras esferas do governo. “É crucial essa parceria com a iniciativa privada e a ABTP. De certa forma, congrega muito bem essas diferentes divisões dos nossos operadores de Norte a Sul do País”, disse.

O diretor-presidente da ABTP, Jesualdo Silva, falou sobre o papel da ABTP na defesa dos interesses das associadas junto às autoridades e de representá-las em todas as esferas de discussão. Ele enfatizou a necessidade de se incrementar o diálogo para que os objetivos sejam compartilhados e que, juntos, todos possam traçar caminhos que conduzam aos melhores resultados para o setor portuário.

Uma maior aproximação da ABTP com as associadas a partir da criação da delegacia também foi destaque na fala do presidente do Conselho de Autoridade Portuária dos Portos de Salvador e Aratu (CAP), Julio Dias. “Acredito que, assim como é o fundamento do Conselho de Autoridade Portuária, a Delegacia Regional da ABTP na Bahia busca integrar e conciliar interesses e entendimentos, sendo um agente disruptivo e de fomento à discussão saudável que vise o desenvolvimento portuário”, frisou Dias.


    GHT     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios