Centronave estima um prejuízo anual da ordem de US$ 21 bilhões para o comércio exterior brasileiro

O Centro Nacional de Navegação Transatlântica (Centronave), que reúne 19 armadores de longo curso que operam na costa brasileira, estima um prejuízo anual da ordem de US$ 21 bilhões para o comércio exterior brasileiro, que não pode receber com regularidade porta-contêineres com 366 metros em Santos (SP) devido às deficiências do acesso aquaviário. O cálculo leva em conta uma capacidade adicional de 500 mil contêineres/ano que deixa de ser ofertada aos exportadores brasileiros e considera a infraestrutura instalada atual.

Restrito a assinantes


      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira