Navalshore

Terminal de contêineres de Paranaguá bate recorde de movimentação, atingindo 108.635 TEUs em um único mês

Carnes e congelados continuam encabeçando as exportações realizadas pelo terminal, que é líder nacional no segmento

Prestes a encerrar o primeiro semestre do ano, a TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, anuncia mais um recorde de movimentação: somente em maio, o terminal movimentou 108.635 TEUs, superando a marca anterior de 104.497 TEUs, atingida em agosto de 2021. No último ano, a TCP movimentou mais de um milhão de TEUs e pretende aumentar este número até o final de 2022.

O segmento de carne de frango congelada continua sendo o principal produto de exportação do terminal, considerado líder mundial neste segmento, com aproximadamente 1.957 mil toneladas exportadas em 2021. Já no primeiro quadrimestre deste ano, a exportação do produto pela TCP teve um aumento de 8% com relação ao mesmo período do ano passado. “Para atender essa demanda, estamos ampliando a nossa área reefer em 43%. Ou seja, passará a contar com 5.178 tomadas para energização e armazenamento de contêineres”, acrescenta Thomas Lima, diretor comercial e institucional da TCP.

PUBLICIDADE

Portonave


As cargas congeladas também foram responsáveis por um outro recorde alcançado no mês de maio no terminal: o maior número de contêineres refrigerados movimentados em uma única embarcação. O feito se deu no navio "Cap San Augustin", do armador Maersk, com 805 contêineres reefer movimentados no dia 20 de maio.

O trem é um diferencial da TCP que, atualmente, movimenta 23% de todos os contêineres de exportação pela ferrovia. No mês de maio, foram 16.972 TEUs no total, o maior volume da história já transportado por este modal. Parte desse acréscimo é resultado do sucesso obtido com o maior projeto de logística intermodal do mundo, dedicado a um único cliente na indústria do contêiner, realizado pelo terminal. “Com novos projetos implementados em parceria com grandes exportadores em 2021, a previsão é que o volume de contêineres movimentados na ferrovia dobre até 2025”, diz Lima.


    GHT     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios