Navalshore 2024

Empresários espanhóis negociam

Negócios avaliados entre R$ 480 mil e R$ 600 mil. Esta foi a estimativa fechada para o primeiro encontro de negócios realizado ontem, na Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), entre empresários espanhóis e pernambucanos dos setores de construção civil e naval. De acordo com a coordenadora em exercício do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Fiepe, Patrícia Canuto, os empresários estiveram fazendo os primeiros contatos entre 13h e 18h. “Foram 12 empresas espanholas e 50 pernambucanas que discutiram sobre as demandas no Estado”, disse Patrícia.

Segundo a coordenadora, foram muito assediadas e ganharam destaque no evento os grupos espanhóis como a Enor (que fabrica elevadores, escadas rolantes, passarelas mecânicas, portas e escotilhas), Frimarte (engenharia, projetos, fornecimento e teste de qualquer tipo de instalação frigorífica industrial naval e offshore) e Torvigo (produtos e equipamentos para o setor automotivo e naval). “As empresas fazem parte de uma associação de indústrias de metalurgia chamada Afini. Elas são da região da Galícia”, acrescentou Patrícia.

Durante a manhã, os empresários assistiram a uma palestra sobre as demandas do setor metalmecânico/naval e investimentos e empreendimentos no Estado, além de outra sobre o setor de construção civil e perspectivas de negócios. Hoje, os executivos farão uma visita ao Complexo Industrial Portuário de Suape e terão acesso à grande fábrica da Refinaria Abreu e Lima e ao Estaleiro Atlântico Sul (EAS). A divisão de petróleo e gás da Fiepe também está coordenando os eventos com os estrangeiros.

Fonte: Folha de Pernambuco(PE)/PAULO MARINHO

PUBLICIDADE

MCI




      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira