Navalshore 2024

Luizianne Lins visita Estaleiro Atlântico Sul

Faltam 43 dias para o prazo dado pela Transpetro para entrega de documentos. Prefeita garante que empreendimento vai ficar no Estado. Governador também defende projeto. Falta um acordo para escolha do local viável para as partes interessadas
A prefeita Luizianne Lins visitou ontem o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), em Ipojuca (PE), para conhecer, de perto, um empreendimento que, de menor porte, deve ser construído no Ceará. Não foi o momento para discutir a localização nem assuntos mais práticos sobre o Estaleiro Promar Ceará, que venceu a licitação da Transpetro para construir oito navios gaseiros.
Conforme a prefeita, ficou claro que o empreendimento não pode ser no Titanzino. ``A gente tem interesse de manter os empregos, mas cabe a mim, como prefeita, organizar, da melhor forma possível, pra que esse equipamento venha ou deixe de vir``, explicou ontem à noite, já em Fortaleza.
Luizianne afirmou que serão visitadas novas áreas na tentativa de viabilizar o projeto: ``Eu vou me dispor, vamos fazer sobrevoo na orla marítima, vamos identificar o local mais adequado, mas sem sacrificar a orla marítima`` Até agora, a área da Indústria Naval do Ceará (Inace) é o local mais provável, conforme a prefeita. ``Está convergindo pra que seja lá. Já ta preparada, já é meio caminho andado pra isso``, afirmou.
Visita ao EAS
"Ela (Luizianne) entendeu a dinâmica, viu a empresa, conheceu como é um estaleiro. Reduzimos mais as dúvidas``, relatou, após a visita, Paulo Haddad, diretor presidente da PJMR, companhia que lidera o Promar.
O empresário classificou de ``proveitoso`` o encontro com a prefeita, que, a princípio, havia se colocado contra o empreendimento, caso ele fosse levantado na Praia do Titanzinho.
Hoje, está marcada nova reunião entre a prefeita, secretário e técnicos da prefeitura com os investidores para avançar na implantação do estaleiro no Estado. Sobre um novo encontro com o Governador Cid Gomes, Haddad afirmou que isso só deverá ocorrer após a escolha do novo local.
Nas exigências da PJMR está uma área total com 100 hectares, 700 metros de frente para o mar e um calado de 10 ou 12 metros, informou Haddad, dia 9 de maio, no lançamento do petroleiro João Cândido, no Porto de Suape, com a presença do presidente Lula.
O Promar Ceará tem até dia 30 de junho para a assinatura dos contratos com a Transpetro. Esse é o prazo estabelecido até agora, mas como foi informado em 7 de maio, há margem para prorrogação da data limite. (Colaborou Hébely Rebouças)
EMAIS
DEZEMBRO (2009). O projeto Promar Ceará é escolhido como a melhor proposta e fica na frente na concorrência da Transpetro, que inicia última etapa da licitação - a negociação de preços.
20 de JANEIRO (2010). Cid Gomes (PSB) se reúne com sete vereadores votados no Serviluz para defender a construção do empreendimento no Titanzinho.
1º de FEVEREIRO. Luizianne Lins afirmar ser contra o estaleiro no Titanzinho.
13 DE MAIO. Governador Cid Gomes afirma que continua em defesa do estaleiro e ratificou a disposição do Governo do Estado em investir US$ 30 milhões para preparar a infraestrutura.
13 DE MAIO. Luizianne se reúne com Paulo Haddad em Brasília e afirma que vai se empenhar para que o estaleiro seja construído em Fortaleza.
NÚMEROS
30
MILHÕES DE DÓLARES É O MONTANTE PROMETIDO PELO GOVERNO DO ESTADO DE CONTRAPARTIDA PARA O PROMAR
130
MILHÕES DE DÓLARES É O VALOR ESTIMADO PELOS INVESTIDORES PARA O PROMAR CEARÁ.

Fonte: O Povo (CE)

PUBLICIDADE

MCI




      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira