Navios-plataforma contratados pela Petrobras devem entrar em operação em 2017

Rio de Janeiro – Os navios-plataforma, cuja construção dos cascos foi contratada nesta quinta-feira (11) pela Petrobras e pelas parceiras BG, Galp e Repsol com a Engevix Engenharia, devem entrar em operação em 2017. Os contratos somam US$ 3,46 bilhões e estão sendo considerados de grande importância estratégica para que a estatal alcance as metas de produção previstas para o pré-sal da Bacia de Santos.

A Petrobras informou, em nota, que as plataformas devem acrescentar cerca de 900 mil barris de óleo por dia à produção nacional, quando estiverem operando com capacidade máxima. “Essas unidades, batizadas de 'replicantes', integram a nova geração de unidades de produção concebidas segundo parâmetros de simplificação de projetos e padronização de equipamentos. A produção em série de cascos idênticos permitirá maior rapidez no processo de construção, ganho de escala e a consequente otimização de custos”.

Ainda segundo a nota da estatal, cada uma das oito plataformas, todas do tipo FPSO (que produzem, armazenam e transferem óleo e gás), terá capacidade para processar diariamente até 150 mil barris de óleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural.

As informações indicam que, das oito unidades contratadas, seis serão administradas pelo consórcio que detém a concessão das áreas de Tupi e Iracema. As outras duas serão gerenciadas pelo consórcio do bloco que abrange os campos de Guará e Carioca. Os cascos serão construídos no Polo Naval de Rio Grande (RS), onde funciona o dique seco da Engevix. A previsão de conteúdo nacional é de, aproximadamente, 70%.

“Os dois primeiros cascos deverão ser entregues ainda em 2013, enquanto os demais, ao longo de 2014 e 2015”, informou a estatal em nota.

O consórcio do Bloco BM-S-11 (que engloba Tupi e Iracema) é controlado pela Petrobras (65%), que tem como sócias a BG do Brasil (25%) e a Galp Energia (10%). Já o consórcio do Bloco BM-S-9 (Guará e Carioca) é formado pela Petrobras (45%), BG do Brasil (30%) e Repsol do Brasil (25%).

Fonte: Agência Brasil/Nielmar de Oliveira



      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira