Anuncie na Portos e Navios

Primeiro da série

BSCO recebe o ‘Maresias’, primeira embarcação de um investimento que somará R$ 600 milhões em quatro anos - O estaleiro Arpoador, localizado no Guarujá (SP), entregou à BSCO Navegação, subsidiária da Brasil Supply, o Crew Boat BS Maresias. O investimento total para construção da embarcação foi de R$ 18,9 milhões, dos quais 56% foram financiados com recursos do FMM, por meio do Banco do Brasil. Com 66% de conteúdo nacional, o BS Maresias foi contratado pela Petrobras e deverá operar no transporte de trabalhadores e de cargas junto às plataformas de petróleo no Nordeste.
Com capacidade para transportar 60 pessoas e 397 toneladas de carga (água, óleo e materiais em geral), foi construído todo em alumínio. O barco possui comprimento de 51,83 metros e calado de 1,70 metros, comporta 150 toneladas, 40 metros cúbicos de água doce e 138 metros cúbicos de óleo diesel. Dispõe de sistema de propulsão a jato d’água e motores Caterpillar C32 de 4.800 BHP  que o permite atingir velocidade de 25 nós.
A embarcação é a primeira concluída de um lote de três semelhantes, todas com contratos com a Petrobras e financiadas pelo FMM. A cerimônia de entrega foi realizada no dia 10 de outubro, na Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro.
A Brasil Supply,  constituída em 2002, é resultado da associação entre Cotia Trading, Petrobras Distribuidora, Grupo Suzano e Grupo Gerhardt Santos, e  tem como subsidiária a BSCO Navegação, formada pela Brasil Supply e a mexicana Cosepe. Atua no fornecimento de soluções integradas para a indústria do petróleo e gás nas áreas de logística, gestão ambiental e produtos químicos. Para atender a demanda do pré-sal, a Brasil Supply investirá nos próximos quatro anos R$ 600 milhões em embarcações.
Segundo José Ricardo Roriz, presidente da Brasil Supply, as futuras embarcações da Brasil Supply também serão construídas em estaleiros brasileiros e utilizarão mão de obra nacional. “A nossa expectativa é lançar mais dois navios, o BS Geribá e o BS Camboriu, até meados de 2014”, afirma.
O estaleiro Arpoador possui em carteira, em sua unidade no Guarujá, um total de 10 embarcações para a BSCO, sendo a Maresias a primeira delas e duas outras gêmeas, do tipo P3, além de uma P2 e seis UT.
A Maresias levou oito meses para ser construída. As próximas P3 serão entregues em cerca de 90 dias cada, a primeira delas em dezembro. Segundo, Franco Netto, executivo comercial do estaleiro Arpoador, o alumíno do casco levou quatro meses para chegar do exterior, já que não há fornecedor no Brasil que atenda às especificicações exigidas. Entre o primeiro desenho, a colocação dos dados na memória das máquinas de cortes e o treinamento da equipe, foram mais quatro meses. “Mas o alumínio dos demais chegou junto com o barco um e os três primeiros são iguais”, destaca Franco Netto. A P2 está com 50% da edificação pronta e a UT 1, com 30%.
O Arpoador está investindo este ano R$ 5 milhões em ferramental e obras civis, com recursos próprios. Um terceiro galpão de 50 metros por 30 metros se juntará aos dois primeiros existentes, de igual tamanho. Para acompanhar a expansão, serão contratados 30 novos funcionários, a maioria tecnólogos. Hoje o estaleiro tem slot para seis barcos simultâneos.

PUBLICIDADE




Intermodal

      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira