Holanda estabelece meta de energia eólica offshore de 70 GW para 2050

Governo holandês planeja também produção de hidrogênio verde em larga escala

O governo holandês estabeleceu uma meta de 70 GW de energia eólica offshore até 2050, com base no pressuposto de que 50 GW poderiam ser instalados até 2040. Além da geração de eletricidade, o governo também planeja que parte da capacidade eólica offshore do país seja usado para a produção de hidrogênio verde em larga escala no Mar do Norte.

O governo holandês está atualmente trabalhando para ter 21 GW de energia eólica offshore em operação até o final desta década, o que representa cerca de 75% do consumo atual de eletricidade na Holanda.

PUBLICIDADE

Portonave


A partir de 2030, os parques eólicos offshore estarão localizados principalmente em áreas mais distantes da costa no Mar do Norte, a centenas de quilômetros da costa. O governo informou que pretende estabelecer hubs de energia em larga escala no mar nessas áreas remotas e, como resultado, nem todos os futuros parques eólicos precisarão ser conectados separadamente à rede elétrica terrestre.

Com centros de energia construídos longe da costa, vários parques eólicos podem ser ligados entre si e a energia que produzem pode então ser transportada para terra em parte como eletricidade e em parte como hidrogênio.

As conexões com outros países do Mar do Norte também poderão ser feitas através dos hubs, o que contribuiria para a segurança do abastecimento.

A meta holandesa para 2050 foi anunciada em 16 de setembro, logo após a Holanda e os outros oito membros da North Seas Energy Cooperation (NSEC) concordarem em instalar pelo menos 260 GW de capacidade eólica offshore até 2050, o que representa mais de 85%. da ambição a nível da UE de atingir 300 GW até 2050.


        Antaq     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios