Navalshore 2024

APM Terminals anuncia nova organização para as Américas

Estrutura regional tem como objetivo servir melhor aos clientes e acelerar o modelo operacional de trabalho

Em linha com a estratégia de crescimento “Safer, Better, Bigger” (Mais Seguro, Melhor e Maior, em tradução livre) da empresa, a APM Terminals anuncia uma nova estrutura regional. A APM Terminals está integrando cinco regiões globais em três regiões.

Este foi o resultado de um estudo comercial que analisou a estrutura e os requisitos da cadeia logística de clientes globais e regionais e entendeu como melhor atender suas necessidades futuras em relação sua operação, como: alteração de schedule, janelas de atracação, necessidades de pátios dos terminais, docas de caminhões, fluxos de transporte terrestre, fluxos de equipamentos vazios e planos de continuidade de negócios.

PUBLICIDADE

Ecobrasil


Segundo a empresa, a pandemia mostrou que os clientes desejam aproveitar as oportunidades do mercado de forma mais rápida, assim como lidar com as mudanças nos mercados de forma ágil, à medida que os padrões de compra do consumidor também estão mudando.

As novas regiões são Américas, África/Europa e Ásia-Pacífico. Ao combinar todo o escopo das Américas, a APM Terminals estará mais apta a atender aos comércios Leste/Oeste, Norte/Sul e cadeias de suprimentos terrestres de maneira mais eficaz.

Leo Huisman, atual Diretor Executivo Regional da APM Terminals da América Latina, nos últimos três anos, baseado no Panamá, foi nomeado diretor executivo regional da APM Terminals Americas. Leo também atuou como diretor executivo regional da APM Terminals Europa e traz uma vasta experiência do setor. “Queremos melhorar continuamente nossa maneira de trabalhar e essa abordagem mais integrada à nossa estrutura regional das Américas comercialmente, operacionalmente e de forma sustentável nos permite atingir um nível mais alto de desempenho ao cliente e em relação a nossas metas ESG”, destaca ele.

Jeremy Ford, diretor comercial (CCO) da APM Terminals da América do Norte, foi nomeado CCO das Américas, com sede em Charlotte, Carolina do Norte. “Nosso objetivo é criar mais oportunidades para os clientes em nossos terminais de contêineres nas Américas, para que os armadores possam otimizar seus schedules, utilizações de navios, fluxos de equipamentos e velocidade da cadeia de suprimentos. Essa nova estrutura nas Américas nos permite acelerar a tomada de decisões e o tempo de resposta aos clientes”, comentou



Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira