Ecobrasil

Contratos de dragagem entram no plano de fiscalizações temáticas de 2024 da Antaq

Ação visa assegurar o bom desempenho dos terminais portuários na movimentação de cargas

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) realizará fiscalização temática para acompanhar o cumprimento de projetos e serviços de dragagem em andamento nos portos brasileiros. O acompanhamento passará a ser parte do Plano de Fiscalizações Temáticas (PAF) da autarquia para 2024.

A decisão de fiscalizar os projetos e serviços de dragagem em andamento no Brasil foi anunciada pelo diretor-geral da Antaq, Eduardo Nery, em comunicado na abertura dos trabalhos da Reunião Ordinária de Diretoria desta quinta-feira (16).

PUBLICIDADE

Ecobrasil


Segundo Nery, as fiscalizações têm como objetivo tomar conhecimento de possíveis falhas e tomar providências tempestivas para garantir que a infraestrutura aquaviária não seja impactada.

“A dragagem dos berços de atracação e dos canais de acesso aquaviário é fundamental para assegurar o bom desempenho dos terminais portuários no que tange à movimentação de cargas e, por consequência, do próprio desenvolvimento da economia nacional. É importante que tenhamos uma atenção especial a esse fator para evitar que falhas nos serviços de dragagem possam gerar gargalos operacionais e prejudicar a atratividade de cargas nos portos nacionais”, disse.

Em julho deste ano, a Antaq iniciou o projeto de fiscalização nos contratos de dragagem por meio do Porto de Itajaí/SC, tendo em vista a importância da manutenção da profundidade adequada para o desenvolvimento das atividades portuárias no local e da receita tarifária da autoridade portuária.



Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira