Navalshore 2024

DP World conclui expansão do Porto de Callao por US$ 400 milhões

A expansão do Terminal Sul do Porto de Callao aumenta a capacidade de movimentação de contêineres em 80%, promovendo o crescimento e melhorando a conectividade comercial global do Peru

A DP World concluiu um grande projeto de expansão no Porto de Callao, no Peru, um projeto de de US$ 400 milhões. A capacidade de movimentação de contêineres no Terminal Sul aumentou 80%, consolidando a posição de Callao como a principal porta de entrada para o comércio global na costa oeste de América do Sul.

O projeto de expansão do Píer Bicentenário amplia o cais de 650 metros para 1.050 metros, tornando Callao um dos poucos portos da América do Sul capaz de acomodar três navios (ou dois meganavios) simultaneamente.

O projeto aumenta a capacidade de movimentação de 1,5 milhão de TEUs por ano para 2,7 milhões de TEUs, enquanto o espaço do pátio de contêineres também foi ampliado para um total de 40 hectares.

PUBLICIDADE

MCI


O projeto é uma parte fundamental das ambições da DP World para a América Latina, anunciadas no mês passado . Dada a sua proximidade com a capital, Lima, e complementando o crescimento do vizinho aeroporto Jorge Chávez, o empreendimento eleva o Porto de Callao a um importante centro logístico para toda a região.

Sultan Ahmed bin Sulayem, presidente do grupo e CEO da DP World , disse: "O projeto do Píer Bicentenário é uma conquista marcante para nós no Peru. Nosso investimento de US$ 400 milhões representa nosso compromisso inabalável em apoiar o crescimento econômico da região e solidificar a posição de Callao como principal empresa de logística hub, estabelecendo um novo padrão para operações portuárias sustentáveis na América do Sul. Estamos orgulhosos de contribuir para um futuro mais verde para o Peru e para o comércio global".

Carlos Merino, CEO da DP World no Peru e Equador, disse: “A conclusão da expansão do Píer Bicentenário marca um momento transformador para a economia peruana. O Porto de Callao é o coração econômico do Peru, movimentando mais de 90% da carga conteinerizada do país, com 60% dessa carga movimentando-se pelo Terminal Sul. Essa expansão aumenta significativamente nossa capacidade e eficiência operacional. Em conjunto com outros portos da DP World na região, solidifica o nosso compromisso de melhorar a conectividade e a vitalidade econômica do Peru e de toda a região.”

Além da ampliação do cais e movimentação de contêineres, o projeto também agrega equipamentos de última geração, incluindo 15 guindastes e 20 ITVs (veículos de transporte interno) — todos elétricos.

O terminal abriga hoje a primeira estação de recarga elétrica para caminhões da América Latina. A estação de 2 megawatts apoiará a frota de ITVs elétricos da DP World, reduzindo as emissões de CO2 em mais de duas mil toneladas por ano e promovendo uma transição energética sustentável no mercado peruano.



      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira