MSC

Morre uma das quatro vítimas de explosão de barco no Recife

Uma das quatro vítimas da explosão em um navio-tanque no Porto do Recife não resistiu aos ferimentos e morreu neste domingo (8). Waldemar Câmara de Góis Júnior, de 47 anos, estava internado no Hospital da Restauração e seu estado era considerado gravíssimo.
Ele sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus em 95% de seu corpo, além de lesões no aparelho respiratório.
A bomba de combustível de um navio-tanque explodiu na manhã de sexta-feira (6), no Porto do Recife. Quatro pessoas ficaram feridas, de acordo com o Corpo de Bombeiros de Pernambuco.
Outras duas vítimas sofreram queimaduras e ainda estão internadas no Hospital da Restauração.
A Capitania dos Portos está investigando as causas do acidente. Uma equipe de peritos da Marinha foi ao local para coletar informações que possam ajudar a determinar o que provocou a explosão. Não há previsão para conclusão do processo administrativo.
A explosão ocorreu dentro do tanque de armazenamento de combustíveis.
O acidente aconteceu por volta das 9h, durante a manutenção do equipamento, que não suportou a carga da corrente elétrica. O barco levava óleo diesel e gasolina para o ancoradouro do Porto de Santo Antônio, em Fernando de Noronha, mas estava vazio na hora da explosão, pois iria receber nova carga para fazer mais uma viagem.
O navio estava ancorado em frente ao Armazém 14 desde a semana passada, quando havia chegado de Noronha. Com o impacto da explosão, partes do barco foram parar a mais de cem metros de distância. Os bombeiros resfriaram o local para evitar novos acidentes.

Fonte: G1

 

PUBLICIDADE

MCI


 

 

 

 



      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira