Anuncie na Portos e Navios

Jefferson Praia defende melhorias no sistema portuário de Manaus

Em pronunciamento nesta quinta-feira (21), o senador Jefferson Praia (PDT-AM) defendeu a adoção de medidas emergenciais para melhorar as condições do sistema portuário de Manaus, que, conforme afirmou, não está à altura do dinamismo e da sofisticação empresarial da capital do estado. Ele informou que no ultimo domingo (17) ocorreu o desabamento parcial de uma área de 300 metros no porto de Chibatão, que movimenta aproximadamente 70% da carga que chega e sai de Manaus.

Jefferson Praia disse que desde terça-feira (19) os bombeiros utilizam guindaste para remover carretas que foram soterradas ou jogadas na água, a fim de encontrar dois trabalhadores ainda desaparecidos. Além do drama humano, afirmou, o acidente prejudicou o comércio de Manaus, no momento em que o empresariado local mobiliza-se para atender as encomendas de Natal. As lideranças empresariais defendem a liberação imediata de uma rampa do porto, pois temem que a estrutura atual não suporte a demanda na movimentação das mercadorias.

- É preciso que as autoridades públicas e o setor privado formem uma sólida parceria. Só assim, com competência compartilhada, será possível resolver problemas técnicos, ambientais e de segurança de trabalho. Sem isso, perdas preciosas de vidas humanas serão inevitáveis - afirmou.

Seca

Em seu discurso, Jefferson Praia prestou solidariedade à população dos municípios afetados pela seca prolongada que ocorre hoje no Amazonas, em especial aos moradores de Anuri. O senador chamou atenção das autoridades federais para a situação das famílias da zona rural da cidade, que se encontram isoladas pela seca, sem alimentos e água potável. A prefeitura local já decretou estado de emergência no município. A população da cidade, que conta com 3.000 famílias atingidas direta ou indiretamente pela estiagem, também sofre com a morte do gado e o alastramento de diarréia e vômito entre crianças e idosos devido à ingestão de água contaminada.

- Todos os anos temos secas e cheias. Devemos atuar de forma preventiva, já sabendo dos problemas que sempre ocorrem. Deveríamos estar sempre preparados para essas situações, para que o povo do Amazonas não sofresse tanto nos momentos difíceis - afirmou.
Fonte Agência Senado



Intermodal

      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira