Ecobrasil

Wilson Sons cresce 27% no Centro Logístico de Santo André

Faturamento da unidade de negócio da companhia, em Santo André (SP), aumenta no primeiro semestre com novos clientes e reaquecimento

A Wilson Sons registrou no Centro Logístico, em Santo André (SP), crescimento da receita no primeiro semestre do ano. Foram mais de 3 mil contêineres movimentados entre janeiro e junho, representando uma alta de 18% em relação aos mesmos meses do ano anterior.

Com um incremento de 27% na receita em relação ao mesmo período de 2021, os resultados deram destaque ao setor automotivo, com um aumento de 167%, seguido dos segmentos de bens de consumo (+47%), tecnologia/eletroeletrônicos (+49%) e químico (+ 15%).

PUBLICIDADE

Ecobrasil


Em meio aos desafios da cadeia logística global, os resultados positivos da unidade de negócio vão ao encontro da análise feita pela Associação Brasileira dos Operadores Logísticos (ABOL), ao evidenciar o bom resultado dos operadores logísticos frente à recuperação dos volumes de mercadorias de diversos segmentos ao nível pré-pandemia.

“Ampliando em 33% a capacidade de armazenagem e em 60% o quadro de colaboradores operacionais, hoje o Centro Logístico de Santo André temtecnologia e capacidade para atender as necessidades do mercado com agilidade e flexibilidade”, destaca Thaís Sangean, gerente-geral do Centro Logístico da Wilson Sons.

Com uma área de 119.700 metros quadrados e próximo a importantes elos logísticos, como o Porto de Santos (SP) e o Aeroporto Internacional de Guarulhos, o Centro Logístico é formado por Terminal Alfandegado e Centro de Distribuição e oferece soluções para apoiar o comércio doméstico, em todo o país, e com o exterior.



Praticagem

   ATP    GHT    Oceanpact
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira