Ecobrasil

Empresas destacam ocupação de dragas e vislumbram novas oportunidades no mercado brasileiro

Empresas de dragagem registraram resultados positivos no ano passado e traçaram boas perspectivas para 2024. Os relatos da maioria são de que o emprego das dragas foi intenso no último ano em diferentes frentes. Outra percepção é que existem sinais de que haverá mais atenção para a navegação em vias interiores, com objetivo de desenvolver hidrovias. Os principais prestadores desse mercado defendem contratos de longo prazo e acreditam que a concessão dos serviços para a iniciativa privada pode melhorar a recepção de navios nos portos brasileiros. As companhias também acompanham e estudam projetos de infraestrutura aquaviária que, há mais de um ano, passaram a poder pleitear recursos do Fundo da Marinha Mercante (FMM), incluindo dragagem.

Restrito a assinantes


Praticagem

   ATP    GHT    Oceanpact
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira